Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

Sociedade Contra o Corona: manifesto exige responsabilidade do poder público e garantia da vida e dos direitos para enfrentar a crise

Organizações utilizam mapeamento e inteligência coletiva contra o coronavírus para exigir responsabilidade do poder público; com a chegada da pandemia do novo coronavírus no Brasil, algumas organizações realizaram voluntariamente um trabalho de escuta e mapeamento das principais urgências e problemas enfrentados pelas comunidades as quais estão conectadas. Rapidamente, sistematizaram os dados coletados e criaram plataformas ou iniciativas para combater o impacto da pandemia em dentro e fora de suas redes

Com o objetivo de afirmar o compromisso da sociedade civil brasileira para enfrentar a crise do novo coronavírus, chamar a responsabilidade as lideranças públicas, conseguir mais colaborações, estimular a solidariedade e para dar visibilidade aos mapeamentos de iniciativas que estão combatendo o impacto da pandemia da Covid-19, uma série de organizações lançaram o manifesto Sociedade Contra o Corona – A responsabilidade tem que viralizar.

O manifesto já foi assinado por mais de 60 organizações da sociedade civil e exige mais responsabilidade, cooperação e compromisso de todas as esferas do poder público e demais esferas da sociedade para garantir a vida e os direitos a todos os brasileiros e brasileiras diante dos impactos da pandemia.

Vale lembrar que a ideia do manifesto surgiu após uma série de organizações iniciarem um trabalho de escuta e mapeamento dos principais problemas enfrentados pela população brasileira diante desse novo cenário, especialmente das parcelas mais pobres e vulneráveis. Essa trabalho de mapeamento de diferentes setores da sociedade, organizado em distintas plataformas, apresenta o tamanho do desafio que a sociedade brasileira enfrenta e enfrentará.

Por isso, o movimento aponta para a criação de políticas públicas que possam garantir o atravessamento dessa crise e para a valorização e apoio da ciência, orgãos de pesquisa e universidades, além de dar maior visibilidade para os mapeamentos de iniciativas cidadãs.

Fala sobre desigualdade e importância da articulação dos diferentes setores da sociedade.

Mapeamentos ajudam a entender gravidade da crise e apontam soluções

A sistematização das iniciativas cidadãs que estão atuando contra os impactos da pandemia do novo coronavírus aliado a utilização da internet como ferramenta para conectar redes de solidariedade, divulgar boas ações e compartilhar informação de qualidade é um dos pilares do manifesto. Assim, conseguimos ter real dimensão do problema, possibilidades de soluções para o enfrentamento da crise e fortalecimento da cidadania.

Acesse o site e assine o manifesto clicando aqui.

Veja quais são os mapeamentos de iniciativas e saiba como colaborar nos links abaixo:

Emergência COVID-19

Coordenação de ações da filantropia e do investimento social em resposta à crise é uma iniciativa do GIFE para contribuir com a articulação e a colaboração entre as organizações de filantropia para que possamos responder ao atual momento da forma mais efetiva, eficiente e com o maior impacto positivo possível na superação desse desafio e de todos os danos por ele provocados.

Rede de Solidariedade

Com a chegada do coronavírus, começaram a surgir diversas iniciativas de organizações da sociedade civil, coletivos e ativistas em geral com o intuito de ajudar as pessoas mais vulneráveis aos efeitos da pandemia.

Diante disso, a Abong, como organização comprometida em fortalecer a sociedade civil organizada, criou a Rede Solidária, uma plataforma online para conectar e todas essas iniciativas.

Segura A Onda

Uma plataforma colaborativa na qual é possível visualizar, adicionar e replicar as mais diferentes iniciativas de cidadania que já existem ou vão nascer. Criado por um grupo de pessoas, empresas, organizações e voluntários, o Segura a Onda funciona como um guia de iniciativas na qual todos podem adicionar iniciativas ou ações de sua cidade ou bairro.

Voluntariado Covid-19

O Atados se uniu a sua rede para atuar frente à pandemia do coronavírus. Juntos, desenvolveram diversas iniciativas de controle e combate ao impacto do coronavírus em nossa comunidade para fortalecer cada vez mais o setor social.

 

Postar um comentário

parceiros
Neste momento esta rede social é restrita