Estou com sorte 😉

Chamada Pública

LAB Tempestade

Laboratório de Ações Climáticas

A Casa Criatura e o Instituto Procomum, em parceria com a Global Innovation Gathering, abre chamada pública para a primeira realização do Laboratório de Ações Climáticas em Olinda, Pernambuco, entre os dias 14 e 15 de abril de 2023 e 06 de maio de 2023.

O objetivo do laboratório é selecionar 30 pessoas, impactadas diretamente e/ou com histórico no desenvolvimento de soluções relacionadas às ações climáticas, de perfis diversos, para o desenvolvimento de protótipos e/ou o aprimoramento de ideias (total de 5 iniciativas) que possam enfrentar desafios climáticos locais.

Todas as pessoas devem ser moradoras da região metropolitana do Recife.

Cada participante receberá uma bolsa de R$400 além de outros recursos para o desenvolvimento dos protótipos e ajuda de custo para deslocamento. Será oferecida alimentação nos dias de atividades presenciais (14 e 15 de abril e 06 de maio) e a participação dos selecionados é obrigatória.

Essa é uma convocatória aberta e o prazo de inscrição vai até o dia 31 de março de 2023.

Por meio de uma metodologia centrada nas pessoas, os participantes selecionados poderão compartilhar suas ideias, saberes e conhecimentos, em um percurso imersivo e receber a orientação de mentorias com experiência em metodologias de prototipagem e questões ambientais. Assim, pretendemos evidenciar a atuação da sociedade civil operando em favor do bem comum.

Às criações que surgem das comunidades gerando melhores condições de vida, damos o nome de inovação cidadã. Às formas de organização que as comunidades desenvolvem para agir em benefício da coletividade chamamos de comum.

Sobre o LAB Tempestade

Ao longo dos últimos sete anos, o Instituto Procomum vem testando diferentes metodologias de ativação de redes locais, sobretudo a partir de seu laboratório cidadão localizado na cidade de Santos, Estado de São Paulo, Brasil.

Já realizamos duas edições do Laboratório de Mudanças Climáticas, em Santos, com parcerias como do Conselho Britânico, utilizando metodologias desenvolvidas em redes translocais e transnacionais e envolvendo pessoas e organizações de diferentes regiões.

No ano passado, a GIG, como rede internacional de inovação social das quais são  membros Instituto Procomum e Casa Criatura, fez a ponte com a fundação alemã Nord-Süd Brüken para acessarmos financiamento de apoio à realização de um laboratório na cidade de Olinda, dado o fato de ser por um lado um ambiente criativo e repleto de potencialidades e, por outro um território que historicamente sofre com problemas como deslizamentos de encostas e moradias em condições de grande vulnerabilidade.

Assim como verificamos em outras edições, contamos que esse modelo de laboratório possa ser replicado em outras localidades, ampliando assim o reconhecimento do protagonismo cidadão e gerando diálogos prósperos entre cidadãos, agentes do poder público e outros setores.

O que entendemos por Ações Climáticas?

As ações climáticas são medidas urgentes para combater as alterações climáticas e minimizar os seus impactos em nível global, nacional e local. No âmbito do plano de ação global da Organização das Nações Unidas (ONU), as Ações Climáticas constituem o décimo terceiro objetivo da lista de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), contidos na Agenda 2030. Isto significa que até 2030, as nações signatárias do Acordo de Paris, terão como metas concretas para o ODS 13:

1. Fortalecer a resiliência e a capacidade de adaptação aos riscos relacionados ao clima e aos desastres naturais em todos os países.
2. Incluir medidas relativas às mudanças climáticas nas políticas, estratégias e planos nacionais.
3. Melhorar a educação, a conscientização e a capacidade humana e institucional sobre as mudanças climáticas, a redução de seus efeitos e o alerta precoce.
4. Promover mecanismos para aumentar a capacidade de planejamento e de gestão eficaz em relação às mudanças climáticas nos países menos desenvolvidos.

Como o Lab Tempestade vai contribuir com as Ações Climáticas em nível local?

Ao selecionar pessoas de perfis e conhecimentos diversos para trabalhar de forma
colaborativa na construção de soluções para os desafios climáticos locais, o Lab Tempestade ajuda as comunidades locais a se adaptarem às mudanças climáticas e reduz os impactos dessas mudanças nas áreas mais vulneráveis das cidades.

Quem pode participar

A chamada pública é aberta para pessoas de qualquer raça e gênero, com idade a partir de 18 anos e que vivem na Região Metropolitana do Recife. Alguns dos perfis bemvindos são:

– lideranças comunitárias e moradores de áreas atingidas pelas chuvas e que estão em maior exposição a riscos climáticos;
– estudantes universitários de áreas como gestão ambiental, arquitetura, design, artes, comunicação, ciências sociais, dentre outros.

Os participantes deverão, obrigatoriamente, comparecer aos 3 dias de atividades
presenciais do LAB (14 e 15 de abril e 6 de maio).
Importante destacar que temos o intuito de fortalecer, principalmente, as ações e criações de mulheres, afrodescendentes, população LGBTQIAPN+, indígenas e outras pessoas pertencentes ao que se convencionou chamar de populações sub representadas.

Onde acontecerá?!

Casa Criatura
Endere̤o: R. de Ṣo Bento, 344 РCarmo, Olinda РPE, 53020-060

Quando?!

Inscrições: até o dia 31 de março de 2023
Lançamento:
18 de março de 2023

Imersão inicial e oficina de prototipagem: 14 e 15 de abril de 2023
Desenvolvimento de protótipos: 16 de abril a 05 de maio de 2023
Encerramento: 06 de maio de 2023

Recursos disponíveis

● Ajuda de custo para deslocamentos e alimentação para todas/os participantes, em todas as datas presenciais obrigatórias (14 e 15 de abril e 06 de maio);
● Apoio financeiro no valor de R$400 para cada participante, a ser pago ao final do segundo dia da imersão inicial/oficina de prototipagem e mediante assinatura de recibo;
● Recursos para o desenvolvimento dos protótipos, de acordo com avaliação dos orçamentos apresentados e discussão com equipe de coordenação do Lab Tempestade;
● Acompanhamento de mentorias durante a imersão inicial e oficina de prototipagem de modo presencial e, posteriormente, em encontros a serem agendados entre mentores e participantes (online ou presencialmente) com foco no desenvolvimento e qualificação do protótipo, bem como aporte de metodologias e ampliação de repertório;
● Espaço de conhecimento livre “Casa Criatura” (com materiais e equipamentos adequados para o desenvolvimento dos protótipos);
● Equipamentos de usufruto comum;

Critérios para seleção

A comissão de seleção irá analisar as inscrições com base nos seguintes critérios

РCompreenṣo da proposta (4)
– Trajetória de vida relacionada às ações climáticas (4)
– Desenvolvimento de soluções em áreas de risco (4)
– Disposição para a colaboração (4)
– Viabilidade da ideia a ser desenvolvida (4)

Importante: priorizaremos inscrições de mulheres, afrodescendentes, população LGBTQIAPN+, indígenas e outros grupos sociais sub representados.

Os critérios servem para um processo classificatório e eliminatório, se o caso. As atribuições de notas não serão divulgadas, uma vez que não nos interessamos por quais pessoas são mais ou menos qualificadas, e sim se atendem aos requisitos mínimos estabelecidos.

Quais são as organizações envolvidas no desenvolvimento do Laboratório?!

A Casa Criatura é um hub de inovação que tem como missão ativar espaços subutilizados com alto poder de transformação urbana por meio da economia criativa, cultura local, empreendedorismo, sustentabilidade, tecnologia e inovação. Desde a sua fundação em 2018, a Casa Criatura desenvolve projetos de arquitetura, urbanismo, design e manufatura digital. Além disso, é um co-working que engloba eventos e festivais, gastronomia, projetos comunitários, debates e palestras. Os temas abordados variam em acesso à cidade, combate ao racismo e desigualdades de gênero, educação infantil, permacultura, ecodesign e arquitetura sustentável, além de música contemporânea, moda e expressões culturais tradicionais. A sua sede é um edifício de 3 pisos numa área de 2000m2 com 1000m2 de área construída, com acesso a um amplo logradouro. Os espaços são de uso compartilhado, e o jardim abriga eventos de diferentes magnitudes.

O Instituto Procomum é uma organização sem fins lucrativos que trabalha para ativar e participar de redes cujo foco é contribuir para a transformação social e promover um mundo comum entre diferentes. Fundado em 2016, concentra seus projetos em ações sobre crise climática, alternativas econômicas, arte e cultura e construção de espaços cívicos diversos.

Tem como pilar estratégico e de atuação o desenvolvimento de laboratórios, protótipos e metodologias de inovação cidadã que estimulem a criatividade. Até o momento, já promoveu 23 projetos liderados por 120 agentes criativos, gerando mais de 500 iniciativas em todo o Brasil.

A GIG tem como objetivo criar ligações significativas entre os inovadores e ter um impacto positivo nas políticas e quadros para a inovação de base. Permite a cooperação e o intercâmbio internacional entre inovadores e espaços de inovação social para apoiar o seu trabalho e partilhar as melhores práticas, pretende contribuir para criar e utilizar tecnologias abertas, inclusivas e sustentáveis, apoia a criação colaborativa de desenvolvimento sustentável e tecnologias abertas, justas e inclusivas, apoia o alcance internacional e a adaptação de tecnologias sustentáveis e abertas para a inovação ecológica e social, e promove o diálogo e fomenta o intercâmbio sobre direitos digitais, inclusão e diversidade, apoia a investigação em inovação e desenvolvimento, direitos digitais e questões de ecossistema tecnológico.

Direitos Autorais

Todas as pessoas selecionadas nesta convocatória devem se comprometer a licenciar os conteúdos produzidos no e para o LAB Tempestade por meio de licenças Creative Commons (o tipo e perfil da licença podem ser discutidos com nossa equipe). Essa é uma exigência do nosso processo.

Participe

Inscrições encerradas.

Perguntas Frequentes

1. Ainda não entendi muito bem a proposta. Podem dar exemplos?

O objetivo do laboratório é unir 30 pessoas de perfis diversos para desenvolverem, em grupos, 05 ideias/protótipos que possam enfrentar desafios climáticos locais. Alguns dos desafios que podemos levar para o grupo, a título de ilustração, são:

1. Como melhorar o conforto térmico e a eficiência energética das casas em nossas comunidades?
2. Como ampliar a produção agroecológica e o aproveitamento integral de alimentos nas nossas cidades?
3. Como aumentar a capacidade de resposta aos desastres climáticos nas áreas vulneráveis?
4. Como melhorar a qualidade e o acesso à água nas comunidades?
5. Como melhor integrar o trabalho das organizações sociais que atuam nos territórios?
6. Como promover a gestão integrada de resíduos nas comunidades?
7. Como aumentar a geração de energias renováveis nas comunidades?
8. Como melhorar o saneamento e reduzir a proliferação de doenças nas comunidades?
9. Como facilitar o fluxo de informação em momentos de crise?
10. Como ampliar a capacidade de acolher e entreter pessoas em momentos de crises?

2. O que é um protótipo?

O termo protótipo vem sendo largamente utilizado por diferentes atores envolvidos na agenda de inovação cidadã e dos laboratórios cidadãos. Nesses espaços, chamamos de protótipo o processo aberto de criação, modelagem, aprendizagem ou melhoria de uma ideia ou projeto. Ao falarmos em prototipar, estamos abrindo espaço para a experimentação, sem necessariamente ter de chegar a um resultado fechado ou em vias de ser replicado – o que também pode ocorrer e não é ruim. Dizemos, portanto, que em um processo de prototipação o erro é bem-vindo e o que realmente importa é a dinâmica que pode gerar soluções novas. Para este este laboratório, os protótipos desenvolvidos devem estar relacionados com as Mudanças Climáticas.

3. É preciso ter um projeto em andamento ou pode ser algo em desenvolvimento (ou por desenvolver)?

Buscamos práticas ou iniciativas que estejam em diferentes estágios de desenvolvimento. Dessa forma, uma ideia inovadora tem potencial para mudar e transformar muitas vidas, da mesma forma que um projeto já em andamento, que precisa apenas de apoio financeiro e técnico para avançar e impactar mais pessoas.

4. Posso me inscrever enquanto grupo ou só individualmente?

As inscrições devem ser feitas de forma individual. Os grupos serão formados durante a oficina de prototipação, quando serão identificadas sinergias, interesses comuns e habilidades complementares entre os participantes.

5. Haverá algum tipo de premiação?

Não. O processo criativo do Lab Tempestade é de natureza colaborativa. Portanto, os 05 protótipos desenvolvidos ao final do processo serão igualmente vencedores e sua implementação em maior escala é desejável, caso sejam identificadas possibilidades e potencialidades pela equipe do Lab junto aos grupos.

6. Preciso morar em Olinda ou em Recife?

Aceitaremos inscrições de moradores de toda a região metropolitana de Recife, incluindo essas duas cidades.

7. É necessário frequentar todos os dias do Laboratório?

Sim. Todos os participantes devem participar das atividades do laboratório. Por isso, antes de se inscrever, verifique se você terá disponibilidade para participar do evento na sua integralidade.

8. Receberei alguma ajuda de custo para o período da formação?

Sim. Todos os participantes receberão uma bolsa no valor de R$400 reais, além de ajuda de custo de transporte. Também será fornecida alimentação durante os eventos presenciais (14 e 15 de Abril e 06 de Maio). Além disso, as equipes também receberão recursos para compra de materiais e contratação de serviços necessários para o desenvolvimento dos protótipos, dentro dos limites colocados na oficina de prototipagem.

9. Preciso emitir nota fiscal?

Não. Os participantes selecionadas/os não precisam emitir nota fiscal. Apenas irão assinar um recibo simples com o valor relativo à bolsa para a prototipagem do projeto e a ajuda de custos.

10. Preciso fazer prestação de contas?

A prestação de contas consiste na realização do projeto/protótipo e na apresentação do processo e seus resultados. Cada grupo terá autonomia na gestão dos recursos relacionados ao desenvolvimento da sua ideia/iniciativa, podendo usar o recurso da forma como decidir, junto aos demais colaboradores, e como for mais conveniente e necessário para a realização do projeto/protótipo.

11. É cobrada alguma taxa dos participantes?

Não. Nenhuma taxa será aplicada às/aos participantes selecionadas/os para o laboratório.

12. Tenho que entregar contrapartidas?

Sim. A contrapartida prevista no laboratório é apresentar o projeto/protótipo no encerramento do evento. O protótipo integrará, com licença em Creative Commons, uma plataforma internacional sobre práticas de para inspirar outras pessoas a replicá-lo em diferentes territórios. Também adicionaremos informações sobre eles em publicações digitais e obras audiovisuais.

13. Receberei email de confirmação do cadastro?

Sim. Ao enviar sua inscrição você receberá um email automático de confirmação.

14. Os participantes podem receber outros recursos?

Sim. Entendemos que todos os tipos de aportes são bem-vindos para o desenvolvimento do protótipo.

15. Gostaria de saber mais informações sobre o LAB Tempestade

Ficamos felizes com seu interesse. Para mais informações, acesse nosso site e nossas redes sociais que são atualizadas com mais informações. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, envie uma mensagem que te responderemos o mais breve possível.

16. Posso recorrer da decisão da comissão de seleção?

A comissão de seleção é soberana e seguirá os critérios de avaliação, assim como uma composição diversa de participantes. Por não se tratar de um processo competitivo, não caberão recursos.

Neste momento esta rede social é restrita