Estou com sorte 😉

Chamada Pública

O Instituto Procomum, em parceria com a Santos Brasil, abre chamada interna para Ocupa Arte no LAB em Santos e Guarujá, São Paulo, entre os meses de maio e novembro de 2023.

No decorrer do ano, o Ocupa Arte no LAB abrirá três chamadas para projetos artísticos a serem desenvolvidos no LAB Procomum. Elas serão divididas por tema:  Arte e Mudanças Climáticas (de maio à julho); Diversidade e Tecnologia (de julho à setembro); e Arte e  Mulheres Negras (de setembro à novembro).

Para a primeira chamada, propomos o tema Arte e Mudanças Climáticas, e queremos realizar projetos de arte que criem reflexões, ações, apresentações, apontem soluções e reflexões para o tema.

O projeto deve ser realizado ao longo de dois meses, entre junho e julho. E deve ser finalizado até o dia 26/7.

Para aqueles que desejam enviar propostas, é  necessário ter disponibilidade para realizar entre uma e duas apresentações e entre 2 e 6 atividades abertas neste período.

Para as apresentações, entende-se atividades propostas pelo artista como um show, uma exposição, uma performance, peça de teatro, peça audiovisual, por exemplo.

Para as atividades abertas, entende-se encontros de formação, troca de conhecimentos, debates sobre o seu fazer artístico e/ou o tema proposto. Pode ser um pequeno curso, oficinas, ensaios abertos,

Os projetos artísticos devem realizar ações no território da Bacia de Mercado e Vicente de Carvalho e/ou para seus respectivos moradores.

Cada projeto terá uma bolsa de R$ 8 mil reais, além de R$ 1600  para a produção das apresentações. As inscrições podem ser realizadas até o dia 2/6.

Serão aceitas propostas de todas linguagens artísticas.

As propostas deverão ser enviadas no nome de um proponente, mas, atente-se, a participação de mais de um/uma artista é um dos critérios de avaliação.

Sobre o Ocupa Arte no LAB

Ao longo dos últimos sete anos, o Instituto Procomum vem testando diferentes metodologias de ativação de redes locais, sobretudo a partir de seu laboratório cidadão localizado na cidade de Santos, Estado de São Paulo, Brasil.

Acreditamos na arte como ferramenta de transformação social. Já realizamos quatro edições da Colaboradora – Artes e Comunidades, nossa escola livre e colaborativa, na qual desenvolvemos uma série de projetos artistícos na Bacia do Mercado, região central de Santos.

No projeto Ocupa Arte no LAB queremos avançar e seguir apostando na arte como ferramenta de transformação, educação, inclusão e encontro entre as pessoas.

O nosso objetivo para o projeto é permitir que artistas desenvolvam e avancem em projetos dentro de temáticas que consideramos importantes e que a sua produção artística e conhecimento cheguem para mais pessoas.

Por quê o Ocupa Arte no LAB escolheu o tema de Mudanças Climáticas para a sua primeira temporada?

 

Em fevereiro de 2023, uma forte chuva causou 64 mortes em São Sebastião e Ubatuba. O número de mortes evidenciou um problema para todo o Brasil que não é novidade para os moradores da Baixada Santista.

O aumento das chuvas, as mudanças climáticas e a desigualdade têm colocado em risco a vida e a dignidade das pessoas.

Ao selecionar projetos artísticos que abordem o tema, o Ocupa Arte no LAB procura ações de sensibilização, problematização e reflexão sobre o tema. A ideia é defendermos a vida  a dignidade das pessoas.

Bem como sensibilizar o poder público e a sociedade civil para a urgência da questão em nossa região.

Além de criarmos mais vínculos afetivos e realizarmos mais trocas de conhecimentos com os territórios da Bacia do Mercado e de Vicente de Carvalho.
Além de criarmos mais vínculos afetivos e realizarmos mais trocas de conhecimentos com os territórios da Bacia do Mercado e de Vicente de Carvalho. Por isso o Instituto Procomum em conjunto com a Santos Brasil, empresa patrocinadora do projeto via lei de incentivo Promicult e signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) desde 2013, escolheram esse tema por estar alinhando aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), também da ONU.

Quem pode participar

A chamada deve ser escrita por pessoas que participam ou já participaram de projetos do Instituto Procomum: Grupos de Trabalho, Colab´s e ex colabs e ex participantes de antigas chamadas. Sugerimos que os proponentes das ações tragam colaboradores para a realização de seus projetos. Eles podem ser:
– lideranças comunitárias e moradores de áreas atingidas pelas chuvas e que estão em maior exposição a riscos climáticos, preferencialmente na Bacia do Mercado e Vicente de Carvalho;

– profissionais e estudantes universitários de áreas como gestão ambiental, arquitetura, design, artes, comunicação, ciências sociais, dentre outros.

– outros artistas e/ou coletivos

Importante destacar que temos o intuito de fortalecer, principalmente, as ações e criações de mulheres, afrodescendentes, população LGBTQIAPN+, indígenas e outras pessoas pertencentes ao que se convencionou chamar de populações sub-representadas.

Onde acontecerá?!

LAB Procomum

Endere̤o: Rua Sete de Setembro, 52 РVila Nova, Santos-SP.

Quando?!

Lançamento: 16 de maio de 2023
Encerramento das inscrições: 2 de junho de 2023.
Divulgação do selecionado(a): 7 de junho.
Realização da Primeira temporada: Entre 10 junho e 24 de julho de 2023.

Recursos disponíveis

  • Bolsa de R$ 8 mil reais para desenvolvimento do projeto.;
  • Apoio financeiro no valor de R$1.600 para produção das apresentações artísticas.
  • Acompanhamento da equipe do LAB Procomum;
  • Infraestrutura fisíca do LAB Procomum para as apresentações e oficinas;
  • Equipamentos do LAB Procomum;

Critérios para seleção

A comissão de seleção irá analisar as inscrições com base nos seguintes critérios:

  • Compreensão da proposta (4)
  • Relevância artística da proposta e sua relação com o tema (4)
  • Realização de ações que impactam os bairros da Bacia do Mercado (Santos-SP) e Vicente de Carvalho(Guarujá-SP) e/ou seus moradores (4)
  • Participação de mais de um artista  (4)
  • Viabilidade da ideia a ser desenvolvida (4)

Importante: priorizaremos inscrições de mulheres, afrodescendentes, população LGBTQIAPN+, indígenas e outros grupos sociais sub representados.

Os critérios servem para um processo classificatório e eliminatório, se o caso. As atribuições de notas não serão divulgadas, uma vez que não nos interessamos por quais pessoas são mais ou menos qualificadas, e sim se atendem aos requisitos mínimos estabelecidos.

Direitos Autorais

Todas as pessoas selecionadas nesta convocatória devem se comprometer a licenciar os conteúdos produzidos no e para o Ocupa Arte no LAB por meio de licenças ​Creative Commons​ (o tipo e perfil da licença podem ser discutidos com nossa equipe). Essa é uma exigência do nosso processo.

Participe

Inscrições encerradas.

Perguntas Frequentes

Dificuldades técnicas para se cadastrar?

Entre em contato conosco pelo e-mail [email protected].

Que tipo de projetos a chamada busca?

Buscamos projetos artistícos que apresentem reflexões, debates e ações em relação ás mudanças climáticas, especialmente em defesa da dignidade e da vida das pessoas atingidas pelas mesmas na Baixada Santista.
Queremos também, estimular propostas com relevância artística, mas que também tenham a capacidade de realizar apresentações para públicos de todas as idades e atividades que possam ser

Quais linguagem artísticas podem participar?

Aceitamos diferentes  linguagens artísticas e o projeto pode conter mais de uma linguagem.

É um projeto individual ou coletivo?

Aceitamos propostas individuais e/ou coletivas. Porém, um dos critérios de avaliação dos projetos é participação de mais de uma pessoa.

O que pode ser feito com a bolsa?

A bolsa deve remunerar os participantes e seus colaboradores, arcar com despesas de transporte e alimentação durante a temporada do projeto.

Quais são as entregas que devem ser realizadas pela proposta?

O proponente deve realizar enter uma ou duas apresentações abertas ao público. Pode ser um show, uma exposição, uma performance, peça de teatro, peça audiovisual, por exemplo.

E também deve realizar entre duas e seis atividades de formação, troca de conhecimentos, debates sobre o seu fazer artistíco e/ou o tema proposto. Pode ser um pequeno curso, oficinas, ensaios abertos,

Realização:

Incentivo Fiscal:

promicult-logo-branco
Neste momento esta rede social é restrita