Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

Baixada pela Vida anuncia a abertura da sua campanha 2021! Nesse momento, atuaremos apoiando e divulgando as ações das organizações articuladoras, por meio da arrecadação de alimentos e campanha de captação de recursos. Apoiaremos a captação de recursos da Rede Elos, que tem a meta de arrecadar R$ 1 milhão de reais que se transformarão em doações para mais de 22 mil pessoas de 20 comunidades urbanas, caiçaras e indígenas de toda Baixada Santista.

Em 2020, a campanha Baixada Pela Vida arrecadou mais de R$ 320 mil reais que foram distribuídos para 9 mil pessoas (225 famílias de 26 comunidades indígenas, 150 pessoas em situação de rua e 2.179 famílias de comunidades urbanas).

O fundo distribuiu cestas básicas, bolsas-auxílio empreendedor, vale-alimentação, kits higiene, máscaras de proteção e faceshields, cobertores e produziu material de comunicação.Com o agravamento da crise, queremos apoiar e expandir o território de atuação, contemplando comunidades da Juréia até Bertioga. Quer contribuir como um ponto de arrecadação? Escreva para nós! A Diocese de Santos também entra na organização da frente, juntando-se ao Arte no Dique, Fórum da Cidadania de Santos, Instituto Elos e Instituto Procomum. Vale lembrar que a campanha é composta por uma rede de solidariedade com outras organizações, agentes e colaboradores que fazem a escuta, interlocução, distribuição e acompanhamento das comunidades.

Apresentação

Uma iniciativa do Instituto Elos para levar cestas básicas para as famílias que estão mais vulneráveis frente aos impactos da pandemia de covid-19.
Para as arrecadações físicas, já contamos com pontos de arrecadação em Santos, Guarujá, Cubatão e Mongaguá. REDE ELOS – Baixada Santista

Outros vídeos da campanha de 2021

UMA REDE DE SOLIDARIEDADE

QUEM FEZ PARTE

A Frente Baixada pela Vida nasceu da união de quatro organizações da sociedade civil com atuação na Baixada Santista que se reuniram em 2020, logo que a crise de covid-19 se instalou. São elas: Arte no Dique, Fórum da Cidadania de Santos, Instituto Elos e Instituto Procomum. Em 2021, a Diocese de Santos passa a também somar esforços nessa articulação. Como o nome mesmo diz, a Frente é muito maior do que qualquer organização: é um chamado mão na massa lidarmos com a crise na região da baixada santista e construir um outro futuro. Um chamado para construir uma rede de solidariedade e ação para quem mais precisa

Neste momento esta rede social é restrita