Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

#A Colaboradora: Costurando a paz em um espaço de acolhimento e cuidado

A fotografa e artista participante do projeto A Colaboradora – Artes e Comunidades, Bete Nagô, organizou três encontros para confeccionar o novo estandarte do Movimento Mães de Maio na sede do LAB Procomum. A nova alegoria vai acompanhar as mães em suas audiências, passeatas e saraus.
Bete Nagô explicou que a criação já era uma vontade do movimento e o estopim para a atividade foi a criação do Sarau da Treta, que vai acontecer todas as quartas-feiras no Centro Cultural José Marti, Santos-SP.
“É um momento diferenciado porque você não está tenso, não está na luta ou na rua. É uma verdadeira terapia. Estamos conversando batendo papo, trocando ideia, falando de questões pessoais, familiares. Uma conversa pessoal. Devíamos ter feito isso há mais tempo”, comentou a artista.

Uma tarde de colo no LAB Procomum

Débora da Silva, militante do movimento Mães de Maio, disse que a confecção do estandarte na sede do LAB Procomum foi um espaço de acolhimento “Esse é um momento de colo. Uma tarde de colo dentro da nossa cidade. Um espaço em que fomos bem acolhidas e isso é muito importante. Porque temos  dificuldade em conseguir parcerias, de nos sentirmos a vontade nos lugares que vamos”, comentou.

Ela explicou que o estandarte é a criação da identidade do movimento e do Sarau da Treta, é dizer: mexeu com uma, mexeu com todas.

“Estamos também acolhendo os nossos filhos, que nos acompanham nesses quartorze anos de luta. É um espaço de resistência. Estou arrepiada. Quando a gente larga tudo em casa e vem para o nosso espaço, a gente vê alegria. Tem mães que tiramos da cama doentes, que atravessam o mar ou a cidade para vir aqui – afinal moram no Guarujá ou em cidades adjacentes da Baixada. Para nós, é tudo de bom e mais alguma coisa. Estar junto dos nossos. Essa vai ser a primeira de muitas vindas”, contou Débora Silva.

“O movimento Mães de Maio é feito pelos filhos que estão vivos e que nos dão o calor humano que precisamos para estarmos vivas”, finalizou

.

Postar um comentário

parceiros
Neste momento esta rede social é restrita