Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

#A Colaboradora: Postais de uma visita ao Museu Afro e ao Centro de Culturas Negras

Na quinta-feira (20/2), as turmas da A Colaboradora – Empreender e Transformar e A Colaboradora- Artes e Comunidades viajaram juntas para São Paulo. O destino era uma visita guiada para o Museu Afro e ao CNN (Centro de Culturas Negras – Mãe Sylvia de Oxalá).

Os postais da viagem são o relato de Marina Paes, coordenadora da Colaboradora – Artes e Comunidades e as fotos de Andrey Haag, participante da Empreender e Transformar.

“Começamos com um convescote no Ibira e ficamos contentes que a chuva deu trégua. Teve pagode, chá gelado, ensaio fotográfico e muito mais. No Museu Afro fomos recebidas pelo Gabriel que nos guiou mais profundamente em duas reflexões: sobre o trabalho e as religiões.

Chamo a atenção para uma digressão dele que nos levou  a reforçar a compreensão de que a força de trabalho que erigiu (e segue) tanto nesta nação não foi somente física mas também intelectual em grande medida. Foi uma visita rápida mas profícua.

Depois seguimos para o CCN (Centro de Culturas Negras – Mãe Sylvia de Oxalá), onde rolaram inscrições para retiradas de livros, lá onde está um rico acervo de literatura afro brasileira, jogo tipo charada no qual 3 ou 4 pessoas ganharam livros, visitamos o entorno do Sítio da Ressaca, onde há uma casa de cerca de 300 anos e concluímos com uma aproximação ao espaço de apresentações e aos jovens educadores que nos ajudaram a pensar possibilidades de propostas de atividades por lá.

Muita gente saiu com a cabeça fervilhando de ideias para encaminhar à curadoria do espaço. Pakko, Andrey, Luciana, eu, vc…. Concluímos com umas pizzas no Habib’s, que não é um bom lugar mas estava em nosso caminho e cabia no orçamento dos projetos…e fez o filho da Lua feliz, pois há tempos ele queria brincar no parquinho”, Marina Paes, coordenadora do projeto A Colaboradora – Artes e Comunidades.

Fotos por Andrey Haag:

Postar um comentário

parceiros
Neste momento esta rede social é restrita