Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

Alê Almeida, 36 anos, bailarino, tem gêmeos em casa: um menino e uma menina de 7 anos.  Ele conta, sorrindo, sobre suas tentativas de entender esse fluxo intenso de energia que vem das crianças, principalmente durante esse período de isolamento, quando

    Estou olhando para a página em branco há minutos meu whatsapp tocou seis vezes, levanto novamente para beber água e comer o resto de ontem, como ontem, vômito medo do amanhã, esse mês tive medo de escrever, eu quebrava chinelos

Eu escrevo poesia desde os meus 12 anos, como uma forma de refúgio e uma forma de amenizar a inquietação da minha cabeça. Lembro que quando comecei a escrever eu não costumava pensar nas palavras que viriam uma após a

parceiros
Neste momento esta rede social é restrita