Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

Alê Almeida

ale
Alê Almeida

Alexandre Almeida (Alê) é performer, pesquisador e observador das relações e ações entre tempo, espaço, corpo e seus cotidianos. Ele desenvolve e coordena processos e produções artísticas de grupos teatrais e escolas de dança dentro e fora do país. É formado pelo Pavilhão D – Centro de Artes São Paulo, Escola Livre de Dança da cidade de Santos e Ballet Staguim. Foi premiado no 4th International Serguei Diaghilev Competition of Choreographic (Polônia) como melhor coreógrafo e também já recebeu o Prêmio Ana Botafogo de Dança.

Seu projeto “Mosaico – Obra das Musas” consiste na construção de quatro zines que contarão atravessamentos e/ou memórias de mulheres que tecem um caminho de resistência e resiliência em suas experiências de vida na Baixada Santista. A ideia é que ao reunir e ouvir essas mulheres, possa-se inspirar outras mulheres e jovens meninas e, contribuir no processo de desconstrução dessa sociedade machista e engessada.

(@ale1484)  is a performer, researcher, and observer of the actions and relations that exist between time, space, the body and its daily practices. He develops and coordinates artistic processes and productions with theater and dance companies in Brazil and abroad. He graduated from Pavilhão D – Centro de Artes São Paulo [São Paulo Arts Center], Escola Livre de Dança [Free Dance School] in Santos and Ballet Staguim, was awarded by the Fourth International Serguei Diaghilev Competition of Choreographic Art, and also received the Ana Botafogo Dance Prize.

His project “Mosaico – Obra das Musas” [Mosaic – A Work of the Muses] consists of the development of four zines with the memories and crossroads of women who walk a path of resilience and resistance in their lives in the Santos Bay area. By gathering and listening to these women, other women and girls can be inspired to contribute to the deconstruction of a sexist, ossified society.

parceiros
Neste momento esta rede social é restrita