Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

(Des)encantar o mundo como o conhecemos

Tudo que nóis tem é nóis. “Fazemos rodas, praticamos esquinas, erguemos choupanas e cazuás, inventamos mundos”. O contrário da vida não é a morte, mas o desencanto. Na produção de feitiços, dos corpos em livre voo, vamos resistindo, entre nós, umas com as outras, tecendo redes, fazendo comunidades, habitando as encruzilhadas. 

Postar um comentário

parceiros
Neste momento esta rede social é restrita