Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

BRADA – PRÍNCIPE GUERREIRO

Sobre o Projeto

Autor: Alê Almeida
Colaborações: Bete Nagô, Natália Brescancini, Luciana da Cruz, Soledad, Sandro Bueno, Guilherme Nascimento, Luís Marques e Andrey Haag
Linguagens, Técnicas e/ou Materiais: Performance / Dança contemporânea / Tinta em pó
Espaços: galpão amarelo e laboratório de permacultura

Sinopse

“Brada” é vídeo-performance que atravessa narrativas de intolerância, mesclando as linguagens da dança e artes visuais. Unindo técnica e espontaneidade, o artista toca principalmente em questões sobre raça e gênero e, performando ao som de tambores, tinge o corpo e o figurino com pós coloridos, criando um efeito visual impactante que transforma o corpo e o espaço ocupado. Reverenciando a ancestralidade, busca expressar inquietações frente às opressões sofridas pelos corpos marginalizados.

Postar um comentário

Neste momento esta rede social é restrita