Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

Liberdade e justiça para o povo Gamella

LIBERDADE PARA KUM’TUM

Na quinta-feira, 18/11, recebemos a informação de que nosso companheiro e amigo, Inaldo Kum’tum Gamella, e outros vinte indígenas de seu povo foram arbitrariamente presos pela Polícia Militar do Maranhão. Kum’tum, ligado a CPT/MA, articulador da Teia do Povos. Para conhecer quem é o líder dos Gamella, Kum’tum, veja o vídeo dele para nossa série A Lente do Comum:

Os PMs ainda levaram os celulares e as câmeras fotográficas dos indígenas que registraram a presença ilegal de equipes para instalação de linhões no território Akroá-Gamella, em Viana.

Segundo relatos que nos chegaram, desde ontem a “situação é tensa devido a presença de jagunços armados contratados pela concessionaria de energia eletrica Equatorial para a instalação de linhões na região”.

Atualização e últimas notícias

No sábado, 19/11 a o Coletivo Etinerâncias republicou a informação do @repensemaranhao com o depoimento: “Hoje todos os Gamella estão livres! Mas a tentativa de criminalização dessa população é contínua: inquéritos viciados e parciais que imputa crimes as liderança indígenas e não apura o outro lado. Exigimos justiça! Justiça Racista não!!”.

Seguiremos acompanhando o caso.

 

Postar um comentário

Neste momento esta rede social é restrita