Estou com sorte 😉

Separamos este artigo para você!

Juntos, dialogando para o enfrentamento das crises climáticas

Em parceria com Museum of the United Nations, o Instituto Procomum realiza experiência imersiva aberta à população da Baixada Santista a fim de discutir problemas climáticos.

 

De acordo com dados do IBGE de 2021, a Baixada Santista já alcança 1 897 551 habitantes, Santos comporta o maior porto da América Latina por onde circula 48% do PIB nacional e ocupa o terceiro em maior IDH do estado de São Paulo, a região é destino de turístico principalmente de pessoas provenientes do interior do estado. No entanto, as praias encontram-se contaminadas, o mar, em sua parte costeira, recebe resíduos industriais e domésticos, boa parte da população local encontra se está habitações subnormais e a cidade aporta a maior favela de palafitas do país. Os canais estuarinos da região de Santos e São Vicente, desembocam na bacia elevando o nível de poluição. Em sua dissertação, Andrea Pimenta acredita que o levantamento de opiniões diversas a respeito das questões ambientais é importante para o entendimento do que se pretende desenhar a respeito do tema. 

 

“Analisando as interdependências entre problemas ambientais, o contexto político em que surgiram e têm sido tratados, e a participação popular, podemos estabelecer uma visão mais holística de uma dada realidade local. “

 

A fim de dialogar com a população local e criar um espaço de troca e compreensão de como as mudanças climáticas vêm sendo percebidas pela população, a partir da 2ª semana de dezembro (data a ser definida) o Museum of the United Nations – UN Live  em parceria com a produtora Shared Studios instalará plataformas de diálogo (em contêineres tecnológicos) em diferentes locais do planeta, como Polônia, Iraque, Colômbia, México, entre outras, que servirão de base para estes diálogos. Na Baixada Santista, a convite do Museum of the United Nations, o Instituto Procomum, com o apoio e parceria da Prefeitura Municipal de Santos, ficará responsável pela condução do Portal de Santos, que ficará na Concha Acústica de Santos, na Av. Vicente de Carvalho, 0 – Gonzaga, em frente à praia. 

 

O  Portal faz parte do programa Global We for Climate Action – Global We. A instalação permanecerá por um período de 3 meses (de dezembro a fevereiro), com capacidade de até 15 pessoas por sessão e permitirá a conexão com pessoas, líderes e organizações do mundo todo. Para além dos problemas exemplificados anteriormente, o projeto visa discutir os 17 objetivos e metas estabelecidos pelas Nações Unidas para 2030. 

 

Durante a instalação, convidados farão uma experiência imersiva na qual poderão usufruir de sessões livres de conversa ou com temáticas específicas entre visitantes e comunidades dos 24 portais do planeta,  além de poderem participar de sessões formais com líderes, especialistas e organizações mundiais ligados à temática socioambiental. Também teremos o apoio de 1 facilitador que apoiará na comunicação entre portais e guiará o público pelos conteúdos e espaço, após treinamento oferecido pela Instituto Procomum e UN Live. A instalação é gratuita e para todas as idades. Esperamos com O Portal, abrir um espaço de diálogo e conhecimento, onde visitantes troquem com pessoas, coletivos, iniciativas, ONGs do mundo todo sobre ideias, soluções, necessidades para que assim, possam se empoderar sobre o tema que apesar de afetar a todos os habitantes do planeta, ainda tem sua discussão apartada da maioria da população. 

Postar um comentário

Neste momento esta rede social é restrita